Notícias

Venda de discos de vinil no Reino Unido só cresce

E não é só quantidade. Tem muita gente boa vendendo bem na terra da Rainha.

discos

Pode se preparar pra continuar vendo matérias sobre “a volta dos bolachões” no Jornal Hoje e afins. A verdade é que os discos (quase sempre) pretos nunca saíram do gosto dos fãs de música, e depois da piração com a música digital, voltam a ganhar bastante espaço nas prateleiras.

Tanto que, no Reino Unido, por exemplo, as vendas de discos de vinil estão em seus maiores níveis desde 2003, e a lista dos dez álbuns mais vendidos do ano por lá, até aqui, mostram que não é só quantidade, mas também qualidade: tem o Black Sabbath, com “13“, Bowie, que além de se vestir muito bem não manda nada mal quando se trata de música, Nick Cave and The Bad Seeds, The National, Vampire Weekend, Thom Yorke (porque, ao contrário de Nova York, Londres dorme), o AM, dos Arctic Monkeys em uma bela segunda posição, e o Daft Punk no topo da lista. Legal, hein?

Enquanto isso, na mídia impressa, as vendas d’O Pasquindie na capital britânica continuam crescendo estratosfericamente, e o editor do The Guardian, segundo dizem, já se preocupa com o crescimento do nosso folhetim cultural. [carece de fontes. na verdade, este parágrafo todo é mentira]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s