Resenhas

M.I.A. – Matangi

HARE BABA, M.I.A.! Você não é funk carioca mas sabe fazer a galera remexer........

MIA-MANTAGI

Eu não sei se os manifestos aqui do Brasil foram mostrados na Índia, mas não é de hoje que nossa divinissima M.I.A. curte uma treta, né querida? Matangi tá cheirando treta. Sabe aquelas bruacas do bairro que não levam porrada pra casa e nunca descem do salto? Então, essas xexelentas não chegam nem aos pés dessa linda.

“If you’re gonna be me you need a manifesto/ If you ain’t got one you better get one, presto”, diz a diva, que ainda usa umas referências MA-LU-CAS sobre ser um sorvete (?), armas apontadas na direção errada, e ainda grita o nome de uns 40 países de forma random durante a música. O disco ainda conta com umas músicas que tão rodando as internetes desde o começo do ano, quando o Pasquindie ainda nem existia (e a sua vida não era iluminada pelo brilho de minhas palavras, um beijo de luz para você, sortudo/sortuda), como por exemplo Only 1 U, Come Walk With Me e a batidíssima Bring The Noise.

Olha, preciso admitir que eu e a Renata praticamos o twerk aqui na redação ao som de algumas músicas dela, mas depois que ela virou a ~~agregadora do camarote~~ recentemente no Ibirapuera – de surpresa, ainda por cima – ficamos um pouquinho desapontadas por não podermos mostrar pra ela nosso rebolado. Não vire a rainha do camarote, bruaca indiana.

http://rd.io/x/QREsNiJnHbY/

2-5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s