Artigo

Coluna da Rê! #4: Lolla Lounge, uma experiência coxindie

O destino quis que eu acompanhasse o segundo dia do Lollapalooza 2014 no espaço mais exclusivo do festival. E não é que o negócio tem seu valor?

Se a gente gosta de festivais quando o negócio é feito nas coxas e mal organizado, o que dizer desse Lolla que mal conheço e já considero pakas ao receber tratamento VIP? É isso mesmo, caro leitor: O Pasquindie, representado por euzinha, marcou presença no Lolla Lounge, espaço mais coxa e fresco do Lollapalooza 2014!

Mas como você foi parar lá, Rê?

MUITA EMOÇÃO, AMIGO!!! Como você bem sabe, O Pasquindie e nada é quase a mesma coisa. Logo, não foi por conta da influência que exercemos na high society que eu consegui aproveitar o tal do Lolla Lounge. A verdade é que uns amigos ~~ bem relacionados ~~ descolaram a entrada para mim. Ciente do meu papel de aproveitadora jornalístico para com este saite, fui lá ver qual que era o negócio.

O que eles prometiam?

De acordo com o site do evento, o Lolla Lounge era indicado para “aqueles que buscam absoluto conforto e total tranquilidade (…) Isso porque o Festival apresenta um pacote de serviços exclusivos no Lolla Lounge, seu espaço VIP”.

E isso foi cumprido: o Lolla Lounge tinha vista para os dois principais palcos; comida a rodo, com cardápio do Bar Riviera assinado pelo Alex Atala, chef mais coxinha do Brasil; open bar de whisky, cerveja, água, refrigerante, vodka, energético e drinques loucos; telão com transmissão dos shows principais; área de descanso com redes e sofás; sorvetes Diletto à vonts; uns grafites muito bacanas do @xguix; ativações de várias marcas (o que trouxe mais álcool para o espaço, graças a Deus); discotecagem depois dos últimos shows de cada dia; chapelaria; banheiros limpinhos e transfer de ida e volta para o Shopping Market Place.

Não tenho muitas fotos e elas estão péssimas, sorry ¯\_(ツ)_/¯.

2014-04-06 17.54.03

2014-04-06 17.59.10

2014-04-06 22.30.01

E o que você viu lá?

Cheguei por volta das 17h30 no Lolla. Para não perder ainda mais o show do Pixies, entrei no espaço e vi a apresentação lá mesmo, e foi ali que eu percebi a verdadeira função do Lolla Lounge: além do conforto, o lugar serve só pra ver e ser visto. A transmissão no telão do espaço estava atrasada e, por conta da proximidade com esse palco, os áudios da transmissão e do próprio show se confundiam e não dava pra entender nada.

Para fazer jus ao “ver e ser visto”, vi muita gente bonita que devia ser rica e famosa, mas só reconheci três pessoas: peLúcio Ribeiro, Clééééééston (que me deixou muito nostálgica) e Caio Castro (porque umas meninas não paravam de gritar o nome do cara).

Você ficou muito tempo lá?

Na verdade, fiquei no Lounge só para beber. Depois do show do Pixies, reabasteci meu copo e fui assistir o Soundgarden. Depois do Soundgarden, reabasteci meu copo e fui assistir Arcade Fire. Depois do Arcade Fire, reabasteci meu copo e fui embora com um dos transfers. Em vinte minutos estava na estação Morumbi da CPTM e em menos de uma hora estava em casa.

Então, qual é a sua conclusão?

Sem dúvida, é uma experiência muito bacana e exclusiva, mas não é uma experiência de festival. Um exemplo é que tudo que bebi desceu redondo MESMO – e não foi cerveja. Mas, pra mim, o legal de festival é andar entre os palcos, sentar no chão com os amigos, gritar e pular no meio da multidão, beber até não poder mais e, apesar dos perrengues, sair de lá feliz de ter visto suas bandas favoritas.

Pra quem caga dinheiro e não tem nada pra fazer em um determinado fim de semana, pagar R$ 600 num ingresso para ficar na área mais exclusiva de um evento não faz diferença. Mas pra quem é fã de música e tem o dinheiro contadinho, vale mais a pena fazer as contas e traçar as rotas de chegada e saída e curtir um festival do jeito que se deve curtir um festival: se acabando pra caralho, mas acordando com um sorriso gigante no dia seguinte!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s